|

A cada ano que passa novas tecnologias são lançadas para ajudar empresas de transporte a diminuírem os incidentes de roubo de carga na operação.

Embora tenha aumentado o número de ocorrências de 2020 a 2021, especialistas associam essa alta com o retorno das atividades econômicas, a vantagem é que existem soluções cada vez mais eficientes para conseguir prevenir a frota e, inclusive, zerar o índice de roubo.

Confira a seguir no conteúdo como anda o cenário de roubo de carga no Brasil atualmente, quais medidas você pode aplicar na empresa para prevenção e segurança e como a tecnologia pode ser uma aliada para zerar o número de roubos da carga na sua operação. Boa leitura!

Cenário atual do roubo de carga no Brasil

Os números levantados pelo Departamento de Inteligência da Opentech demonstram uma aumento nos números de casos em 2023, comparados ao mesmo período do ano passado e mesmo período de 2021, a partir da análise preditiva entre os anos em análise.

As bases de dados e projeções baseadas em análises estatísticas de séries temporais, demonstram uma tendência crescente nos roubos de carga do país.

De acordo com a pesquisa realizada, o cenário esperado para 2024 é otimista com o transporte rodoviário se mostrando resiliente frente a taxas de juros ainda altas e custos de insumos elevados, que impactam diretamente na circulação de cargas.

Esse cenário otimista alerta que o aumento da circulação de cargas reflete diretamente no aumento de crimes relacionados em qualquer época do ano.

Pontos de atenção para agir contra o roubo de carga

Estados com maior frequência de roubo de carga

Em 2023, 93,56% dos roubos de carga foram identificados e estão concentrados nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Pernambuco.

Comparado com ano 2022, considerando o mesmo período no mês de janeiro até dezembro de 2023, os eventos representam um aumento de 3,53% de crescimento das ocorrências de roubo de carga.

A região Sudeste concentra a maior quantidade de casos de roubo de cargas, especialmente nos estados de São Paulo e Rio de Janeiro.

Nesses estados, os maiores números de roubos de cargas são registrados quando comparado em todo o país, sendo cerca de 82,01%.

Sendo estes estados as regiões de maior movimentação de cargas e de maior representatividade econômica para o Brasil, o que reflete diretamente na localidade do país onde estão localizados.

Cidades com maior frequência de roubo de carga

No ranking nacional das cinco cidades com maior incidências de roubos de cargas no Brasil, estão as cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Duque de Caxias, Jundiaí e Osasco.

Todas essas cinco cidades, juntas, foram responsáveis por 87% dos roubos em todo o país, se posicionando como as cidades mais perigosas do País e com maior incidência de roubo de cargas.

Estes números são extremamente ofensores da cadeia logística, o roubo de cargas tem impactos negativos na economia brasileira, resultando em perdas financeiras, desabastecimento de produtos e aumento dos custos logísticos.

Impactos do roubo de carga entre os dias e as horas

Principais dias com mais ocorrências criminosas

Em 2023, a incidência de roubo de cargas no Brasil predominou em dias úteis, sendo a quarta-feira o dia com maior risco de circulação com 21% das ocorrências, possivelmente devido a movimentação de cargas se concentrar de segunda a sexta-feira.

A maior exposição de cargas nesses dias viabiliza ações criminosas, que exploram os momentos oportunos e pontos de vulnerabilidade na segurança das operações logísticas.

Principais horário com mais casos criminosos

Quanto aos horários, manteve-se um padrão semelhante ao ano anterior, apresentando a maior incidência dos eventos no período da manhã entre às 6 horas e ao meio dia com 47%.

Já os roubos ocorridos à tarde entre o meio dia e às 18 horas apresentaram 20% dos casos.

O horário noturno entre às 18 horas e a meia noite registou um percentual de 14% dos casos, enquanto nas primeiras horas da manhã, entre a meia noite e às 6 horas, 19% dos casos foram registrados na análise.

Tipos de produtos mais visados no roubo de carga

O tipo de cargas diversas, que correspondas as cargas fracionadas e mistas, aquelas compostas por diferentes tipos de produtos no mesmo caminhão, foi o tipo de produto mais roubado no Brasil em 2023, registrando 49% do total de roubos.

Em segundo lugar ficou o Tabaco, com 9%. Nesta categoria, a indústria de cigarros destaca-se não somente em roubo de cargas, mas também em outro crime onde detém um alto número de ocorrências que é o contrabando.

Os cigarros são contrabandeados na maioria das vezes do Paraguai, pela região sul do Brasil, e são distribuídos para o restante do país.

A categoria de Alimentos ficou em terceiro lugar, com 8%, composto principalmente pelo roubo de carnes.

A quarta colocação ficou com Autopeças também com 8%. Esse aumento é relacionado ao aumento no número de roubo de caminhões, vans e utilitários de carga, que vem sendo alvo de criminosos além das cargas.

Esses casos criminosos visam abastecer também o mercado paralelo de venda de peças em desmanches, pois o país enfrenta falta de peças, demora para entrega de veículos de cargas novos e altas taxas de juros para financiamento.

Diferentes situações e perfis são afetados pelo roubo de carga

Ainda de maneira bem equilibrada os roubos de veículos parados com 46% ocorrem normalmente em paradas feitas por motoristas para descanso ou refeições.

Os criminosos normalmente aguardam que o motorista saia da cabine evitando assim alertar de segurança dos sensores do veículo.

É bem comum que os motoristas sejam acompanhados pelos criminosos durante parte da viagem, os criminosos também obrigam os motoristas a operar os sistemas de segurança cumprindo seus procedimentos e rotas, para evitar que a central de monitoramento perceba a ação.

Em alguns casos os próprios criminosos operam os sistemas de segurança e cumprem as regras previstas.

Quando considerado o perfil profissional do motorista, os condutores agregados são mais impactados com 61% dos casos, seguidos pelos profissionais de frotas, com 24% e dos motoristas terceiros, com 15% das ocorrências criminosas.

Reforço de ações de segurança na região Sudeste

O Departamento de Inteligência da Opentech obteve dados específicos da região Sudeste do Brasil para desenvolvimento de um relatório especial.

Nessa análise, considerando a região mais ofensora em 2023, foi registrado que somente no ano vigente 89,6% dos roubos de cargas no Brasil se concentraram na Região Sudeste.

Os eventos da categoria de produtos fracionados foi destacado como o tipo de produto com maior incidência de roubos de 2023 representando 49% das ocorrências por tipo de produto.

Atenção redobrada em épocas de Natal e Ano Novo

Em geral produtos alimentícios ganham mais força, como panetones, colombas, castanhas, nozes, avelãs, damasco, frutas em geral, maçã Argentina, uvas chilenas, entre outros.

Congelados em geral, como frangos, chester, peru, tender, bacalhau e outros também são destaques nessa época do ano.

Produtos importados também ganham força, como vinhos, champagne, licores, espumantes, cervejas comuns e artesanais, refrigerantes, sucos, etc.

Além disso os presentes: artigos esportivos, brinquedos, cama & mesa, roupas & calçados, eletroeletrônicos em geral, ferramentas e etc.

Dentro desse contexto, é necessária toda a atenção voltada a segurança dessas cargas que são influenciadas pela maior rotatividade no comércio.

Casos de recuperação e medidas para reduzir os riscos de roubo de carga

Confira abaixo os casos de recuperação de carga e as medidas para reduzir os prejuízos no transporte rodoviário.


Índice dos casos de recuperação de carga

Carga de medicamentos avaliada em 3 milhões é recuperada devido atuação de Central de Monitoramento

Opentech recupera carga de carne bovina avaliada em mais de R$600 mil reais no Paraná

Opentech realiza ação para recuperar carga de bebidas avaliada em R$ 250 mil reais no interior de São Paulo

Opentech auxilia na recuperação de R$90 mil reais em medicamentos no Rio de Janeiro

Carga roubada avaliada em mais de R$160 mil reais é recuperada com auxílio da Opentech

Carga de 1,2 milhão em implementos agrícolas é recuperada pela Opentech

Destaque no G1: Carga rastreada pela Opentech de R$ 1 milhão é recuperada em SP

Opentech recupera carga de medicamentos avaliada em mais de um milhão de reais

Opentech recupera carga de televisores de quase 1 milhão de reais

Opentech recupera carga de defensivo agrícola de quase 1 milhão de reais

Operação Transbordo põe fim à quadrilha de roubo de cargas

Carga recuperada pela Opentech é destaque no G1

Opentech recuperada carga de pneus em Sete Lagoas/MG

Opentech recupera carga avaliada em 100 mil reais

Carga é recuperada em Ponta Grossa/PR


Carga de medicamentos avaliada em 3 milhões é recuperada devido atuação de Central de Monitoramento

Carga de medicamentos avaliada em 3 milhões é recuperada devido atuação de Central de Monitoramento

Data da recuperação de carga: 24 de janeiro de 2024

Uma carga valiosa de medicamentos, avaliada em 2.932.485,08 milhões de reais, teve sua trajetória de São Paulo a Curitiba interrompida por uma ação criminosa na Rodovia Régis Bittencourt, próximo à Serra do Cafezal, em Miracatu/SP.

A abordagem ocorreu enquanto a equipe de escolta monitorava o trajeto, desencadeando uma rápida resposta da Central de Monitoramento, Equipe BAS e Departamento de Inteligência. O modus operandi eficaz incluiu a ativação do protocolo de segurança e o acionamento imediato das autoridades competentes.

Leia também: Funcionalidades e vantagens do uso da geolocalização na logística

O autocarga foi bloqueado estrategicamente em uma praça de pedágio, frustrando a ação criminosa e garantindo a segurança da carga. Apesar dos momentos de tensão, a viagem prosseguiu conforme o planejado, e a valiosa mercadoria foi entregue com sucesso ao destinatário.

Essa operação destaca a importância da prontidão e eficiência das equipes de segurança e monitoramento, preservando não apenas o valor financeiro da carga, mas também a integridade dos medicamentos que estavam a caminho de Curitiba.

Este episódio ressalta a necessidade contínua de investimentos em segurança rodoviária e o papel crucial desempenhado por gerenciadoras de risco especializadas na garantia da entrega segura de mercadorias.

Resumo da Recuperação de Carga

Tipo de Carga: Medicamentos
Origem dos Produtos: São Paulo/SP
Destino dos Produtos: Curitiba/PR
Valor Aproximado: R$ 3 milhões
Local da Abordagem: Rod. Regis Bittencourt – Próximo Serra do Cafezal – Miracatu/SP
Data da Abordagem: 24/01/2024


Opentech recupera carga de carne bovina avaliada em mais de R$600 mil reais no Paraná

Data da recuperação de carga: 05 de dezembro de 2023

Após perda de comunicação do auto carga durante o pernoite, iniciou-se o trabalho do Departamento de Inteligência, junto com o Instituto de Carga Segura e Autoridades Competentes.

Após alguns dias, a recuperação da carga de carne bovina foi realizada com êxito na localização parcial das mercadorias.

Elas estavam prontas para serem vendidas em um estabelecimento comercial, onde não foi possível definir se o local tinha conhecimento da origem desses produtos.

Leia também: Como a tecnologia pode potencializar o rastreamento e o monitoramento no transporte

A solução desenvolvida pela Opentech traz um sistema integrado com várias tecnologias que recebe e envia diversas informações pertinentes e fundamentais à gestão logística para o motorista e o caminhão durante a viagem.

Ele faz o monitoramento da carga e rastreamento do veículo, enviando comandos de bloqueio a veículos para reversão dos riscos de sinistros, como o roubo ou desvio de carga.

Resumo da Recuperação de Carga

Tipo de Carga: Carne Bovina
Origem e destino dos Produtos: Rumo desconhecido
Valor Aproximado: R$ 637 mil
Local da Abordagem: São José dos Pinhais/PR
Data da Abordagem: 05/12/2023


Opentech realiza ação para recuperar carga de bebidas avaliada em R$ 250 mil reais no interior de São Paulo

Data da recuperação de carga: 05 de dezembro de 2023

Após abordagem seguindo rumo desconhecido, o departamento de inteligência iniciou o trabalho para recuperação da carga em conjunto com as autoridades competentes.

Três dias após o evento, a equipe de inteligência obteve êxito na localização de um galpão, onde haviam alguns caminhões dublês, placas clonadas e um auto carga com a mercadoria subtraída da carga no transporte.

Após a perda de comunicação do auto carga, é caracterizando roubo em andamento e o Departamento de Inteligência (D.I) iniciou a engenharia social com objetivo da recuperação.

Leia também: Operador logístico na gestão de transporte: como superar os desafios do dia a dia

A ação de extrema importância do D.I., junto com as autoridades competentes, resultou em êxito na recuperação da carga com as mercadorias.

Através da apreensão dos celulares, foram identificados dois chefes da quadrilha em ação criminosa.

Nessa ação, a equipe da Opentech obteve o resultado de 4 pessoas presas e a apreensão de 5 cavalos mecânico com dublê, 2 carretas dublê , 1 veículo de passeio e 15 placas clonadas.

Resumo da Recuperação de Carga

Tipo de Carga: Bebidas
Origem e destino dos Produtos: Rumo desconhecido
Valor Aproximado: R$ 250 mil
Local do Roubo: Leme/SP
Local da Abordagem: Cosmópolis/SP
Data da Abordagem: 05/12/2023


Opentech auxilia na recuperação de R$90 mil reais em medicamentos no Rio de Janeiro

Data da recuperação de carga: 06 e 07 de abril de 2021

Equipes de Pronta Resposta da Opentech tem atuação rápida ao recuperar carga roubada de medicamentos.

Três caminhões que transportavam medicamentos em locais distintos foram roubados nos dias 6 e 7 de abril. Com valor total de quase R$90 mil reais, os sinistros ocorreram nas cidades de São Gonçalo e Rio de Janeiro – RJ.

Através do posicionamento da isca com ação efetiva das equipes de pronta resposta Opentech em conjunto com as autoridades policiais do estado do Rio de Janeiro foram encaminhados para as delegacias competentes, de modo a realizar os devidos registros.

E se essas cargas não tivessem uma Gerenciadora de Risco de qualidade?

O roubo, muito provavelmente, teria sido bem sucedido. A verdade é que o modal rodoviário enfrenta uma série de graves problemas. Além do risco de acidentes, a taxa de assaltos nas estradas brasileiras é muito alta.

De acordo com a NTC & Logística (Associação Nacional do Transporte de Cargas e Logística), só em 2019, o Brasil registrou 18.382 ocorrências de roubo de carga. Os prejuízos computados chegam em quase R$1,4 bilhão de reais.

Leia também: Logística de cargas: otimizando processos e maximizando eficiência

Apenas no Rio de Janeiro, foram registrados 9.182 caminhões e cargas roubadas em 2018. Esse número é de, praticamente, uma ocorrência por hora.

Entre os produtos mais visados pelos criminosos, estão os alimentícios, eletroeletrônicos, bebidas, artigos farmacêuticos, combustíveis, autopeças, defensivos agrícolas, cigarros, têxteis e confecções.

Resumo da Recuperação de Carga

Tipo de Carga: Medicamento
Origem dos Produtos: São Gonçalo/RJ
Destino dos Produtos: Rio de Janeiro/RJ
Valor Aproximado: R$ 90 mil
Local da Abordagem: São Gonçalo/RJ
Data da Abordagem: 06/04/2021 e 07/04/2021


Carga roubada avaliada em mais de R$160 mil reais é recuperada com auxílio da Opentech

Data da recuperação de carga: 12 de março de 2021

Carga roubada é recuperada graças a ação conjunta das Inteligências da Opentech e Polícia Rodoviária Federal.

Logo que o sinistro foi percebido, o Departamento de Inteligência da Opentech acionou seus contatos de pronta resposta e a inteligência da Polícia Rodoviária Federal, onde se iniciou o monitoramento remoto das rodovias em busca do caminhão e da carga roubada.

A carga com produtos alimentícios foi roubada na Rodovia BR 232. Localizada na cidade de Belo Jardim – Pernambuco, essa rodovia fica 219 km de distância por estrada do local onde a voz de prisão ocorreu.

Graças ao trabalho intenso do Departamento de Inteligência da Opentech em conjunto com a segurança pública do Nordeste, foi possível identificar o veículo trafegando na região de Canapi/AL, onde a Polícia Rodoviária Federal desta cidade, ciente dos fatos, realizou a abordagem do conjunto.

Depois que o caminhão foi parado, os oficiais solicitaram os documentos de praxe que, após consulta no sistema, foi identificado que o boletim de ocorrência registrado na Polícia Civil de Pernambuco batia com os documentos do veículo abordado, confirmando que o suspeito era de fato o assaltante. A carga foi recuperada em perfeito estado.

Esse é um caso isolado?

Infelizmente não. O Sudeste, especificamente Rio de Janeiro e São Paulo, lidera o número de roubo de carga, porém, outros lugares do Brasil também preocupam. No Nordeste, segundo a Polícia Rodoviária Federal, o prejuízo em mercadorias é milionário.

Os trechos mais inseguros são as BR 050, 101, 116, 330 e 316, nas divisas entre os estados de São Paulo, Paraná, Brasília, Sergipe, Bahia e Alagoas.

Leia também: Riscos no transporte de cargas: como minimizá-los para garantir a segurança

Os números desses estados assustam. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública da Bahia, houve um aumento de roubo de carga na região Nordeste de 105% entre os anos de 2011 e 2016.

Na prática, o déficit foi de R$27,6 milhões de reais.

Esses índices alarmantes não são exclusividade de São Paulo, Rio de Janeiro e Bahia, eles explanam o que ocorre em diversas cidades do Brasil, desde as estradas que passam por pequenas cidades até as maiores que cruzam metrópoles.

Resumo da Recuperação de Carga

Tipo de Carga: Alimentícios
Origem dos Produtos: Recife/PE
Destino dos Produtos: Maceió/AL
Valor Aproximado: R$ 160 mil
Local da Abordagem: Belo Jardim/PE
Data da Abordagem: 12/03/2021


Panorama de acidentes e roubos no segmento de fármaco


Carga de 1,2 milhão em implementos agrícolas é recuperada pela Opentech

Data da recuperação de carga: 26 de agosto de 2019

Na tarde do dia 22 de agosto, uma carga de implementos agrícolas avaliada em 1 milhão e duzentos mil reais foi localizada através dos serviços da equipe de investigação da Opentech com o apoio da Polícia Civil, Polícia Militar e Polícia Rodoviária do Estado de Goiás, as quais tomaram conhecimento sobre os fatos e auxiliaram nos trabalhos de busca.

O Departamento de Inteligência Opentech iniciou o processo de investigação sobre o caso, a fim de localizar e recuperar a carga roubada.

O roubo ocorreu na cidade de Itumbiara, sul do estado de Goiás, onde o motorista foi interceptado e abordado por meliantes na Rodovia BR 153.

Elementos adentraram na cabine do auto carga, obrigaram o motorista a seguir até certo ponto, depois o transferiram para o carro deles e o abandonaram em um matagal nas proximidades da cidade de Araporã – MG.

Leia também: Entenda a importância da gestão da escolta de carga

Mais tarde, já com a carga recuperada e acompanhada pela polícia, a quadrilha retornou ao local com o objetivo de retomar os equipamentos, porém não obtiveram sucesso. Houve troca de tiros e os bandidos fugiram.

A equipe de investigação e inteligência da Opentech foi fundamental para o sucesso da operação junto ao time de pronta resposta da Central de Monitoramento da Opentech. O objetivo é responder de forma imediata a cada alerta emitido com o intuito de excelentes resultados em recuperações de carga.

Resumo da Recuperação de Carga

Tipo de Carga: Agrícola
Origem dos Produtos: Goiânia/GO
Destino dos Produtos: Belo Horizonte/MG
Valor Aproximado: R$ 1,2 milhão
Local da Abordagem: Itumbiara/GO
Data da Abordagem: 26/08/2019


Destaque no G1: Carga rastreada pela Opentech de R$ 1 milhão é recuperada em SP

Data da recuperação de carga: 09 de julho de 2019

Na terça-feira, dia 9 de julho, uma carga rastreada pela Opentech de defensivos agrícolas no valor de R$ 1 milhão foi alvo de uma tentativa de assalto no interior de São Paulo.

Graças à rápida atuação da equipe de inteligência e pronta resposta da Opentech, responsável pelo monitoramento das mercadorias em transporte, policiais foram acionados e frustraram a ação da quadrilha. A ocorrência foi destaque no portal de notícias G1.

A abordagem ocorreu na manhã de terça-feira, na rodovia Régis Bittencourt, em Miracatu, no interior de São Paulo.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, uma equipe em operação no km 354 da rodovia frustrou a ação dos assaltantes. Ao iniciar a abordagem, dois policiais foram surpreendidos pela quadrilha e acabaram feridos.

Em fuga, os criminosos invadiram um restaurante às margens da rodovia SP-79, em Piedade, e fizeram reféns. Equipes do Comando de Operações Especiais (COE) e do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) foram até o local. O trecho entre os quilômetros 136 e 138 ficou interditado durante as negociações.

Leia também: Sinistro de carga: como diminuir as ocorrências na frota

Depois de três horas, o grupo se rendeu e as 11 vítimas (clientes e funcionários) foram liberadas sem ferimentos.

Seis assaltantes foram presos. Com eles foram recolhidos seis coletes, três fuzis, duas pistolas, 11 carregadores e munição. Documentos e celulares foram encontrados queimados. As informações são do G1.

Além da ocorrência em Miracatu (SP), a Opentech foi decisiva para impedir outros roubos de cargas neste ano, incluindo carregamentos de cosméticos, produtos farmacêuticos, defensivos agrícolas, alimentos, eletrônicos, pneus e outros bens de consumo.

De janeiro a junho, entre as operações monitoradas pela empresa, foram mais de R$ 30 milhões em cargas recuperadas.

Em 2018, a Opentech registrou queda de 25% no índice de roubos em comparação ao ano anterior. Em relação aos roubos que não puderam ser evitados no ano passado, 60% das cargas foram recuperadas.

Resumo da Recuperação de Carga

Tipo de Carga: Agrícola
Origem dos Produtos: São Paulo/SP
Destino dos Produtos: Curitiba/PR
Valor Aproximado: R$ 1 milhão
Local da Abordagem: Miracatu/SP
Data da Abordagem: 09/07/2019


Opentech recupera carga de medicamentos avaliada em mais de um milhão de reais

Data da recuperação de carga: 25 de janeiro de 2019

No dia 25 de janeiro, o time de operação da Opentech, em conjunto com forças policiais e equipe de pronta resposta, obteve êxito na recuperação de uma carga de medicamentos estimada em mais de um milhão de reais.

O caminhão, que trafegava no rodoanel Mário Covas, na cidade de Cotia/SP, foi abordado por assaltantes fortemente armados. O grupo tomou posse do veículo e, em seguida, a comunicação com a central foi interrompida.

Embora a quadrilha tenha violado o painel para desligar o rastreador, a reação imediata da central de rastreamento foi fundamental para a identificação da situação suspeita ainda no início da abordagem.

Após confirmar a ocorrência, uma equipe de pronta resposta da Opentech foi enviada ao local.

Imediatamente, a central de rastreamento realizou todas as tratativas com o objetivo de localizar o veículo.

Leia também: Gerenciadora de riscos no transporte de cargas: soluções para garantir eficiência

Após varreduras na região e com auxílio do equipamento de contingência, a equipe, em conjunto com a polícia civil da região, localizou o caminhão abandonado em um estacionamento na cidade de São Paulo/SP.

A carga estava intacta e o motorista e dois ajudantes foram soltos no bairro Morumbi sem ferimentos, onde pediram ajuda em um restaurante próximo.

A solução de Gerenciamento de Risco da Opentech evita sinistros e reduz a ação dos criminosos, a partir da ferramenta que traz agilidade na detecção de ocorrências e possibilita a atuação imediata da central.

Ela é aliada à equipe de investigação e inteligência orienta e atua junto ao time de pronta resposta, tornando possível a eficiência na recuperação de cargas.

Resumo da Recuperação de Carga

Tipo de Carga: Medicamentos
Origem dos Produtos: Curitiba/PR
Destino dos Produtos: São Paulo/SP
Valor Aproximado: R$ 1 milhão
Local da Abordagem: Cotia/SP
Data da Abordagem: 25/01/2019


33 dicas para evitar roubo de carga


Opentech recupera carga de televisores de quase 1 milhão de reais

Data da recuperação de carga: 20 de dezembro de 2018

A equipe de investigações e inteligência da Opentech, em conjunto com forças policiais, conseguiu recuperar na quinta-feira, dia 20 de dezembro, uma carga de televisores estimada em quase um milhão de reais.

A ação delituosa dos criminosos ocorreu na rodovia Anhanguera, em Jundiaí (SP), durante a madrugada de quinta-feira. A quadrilha fortemente armada tomou posse do veículo, conduzindo o caminhão a um local afastado para a retirada total da mercadoria. Em seguida, o grupo libertou o motorista e abandonou o veículo.

Após intensa busca e trabalho de campo, policiais da região e profissionais do setor de inteligência da Opentech localizaram a mercadoria. Três assaltantes foram presos e, além da carga de televisores, outros bens foram encontrados e apreendidos.

Leia também: Principais riscos na atividade de movimentação de cargas

Um dos diferenciais para o êxito da operação foi a atuação eficiente da equipe de investigações da Opentech.

Além de expertise para atuar na prevenção de sinistros e resolução ágil das ocorrências, o time Opentech conta com o apoio de uma Central, que auxilia na investigação, orienta e atua junto às equipes de pronta resposta

Sendo assim, é possível recuperar um significativo percentual das cargas monitoradas pela empresa e que, eventualmente, são alvo de quadrilhas.

Resumo da Recuperação de Carga

Tipo de Carga: Eletrônico
Origem dos Produtos: Campo Grande/MS
Destino dos Produtos: São Paulo/SP
Valor Aproximado: R$ 1 milhão
Local da Abordagem: Jundiaí/SP
Data da Abordagem: 20/12/2018


Opentech recupera carga de defensivo agrícola de quase 1 milhão de reais

Data da recuperação de carga: 21 de agosto de 2018

Na terça-feira, dia 21 de agosto, o time de operação da Opentech, em conjunto com forças policiais, impediu o roubo de uma carga de defensivo agrícola estimada em mais de R$ 700 mil.

O roubo foi frustrado pela rápida ação de bloqueio enviada ao veículo.

Embora os assaltantes tenham violado o painel para desligar o rastreador, a reação imediata da central de rastreamento fez a diferença ao identificar uma situação suspeita já no início da abordagem.

Após confirmar a ocorrência, uma equipe de pronta resposta da Opentech foi enviada ao local.

Leia também: Torre de controle logístico: guia completo de como implementar na empresa

Um dos diferenciais para o êxito da recuperação, é a tecnologia de rastreamento de cargas desenvolvida pela Opentech para evitar os sinistros e coibir a ação dos criminosos

Com ela, há agilidade na detecção e ação pela central, que aliado a equipe de investigação e inteligência, orienta e atua junto as equipes de pronta resposta tornando assim possível maior recuperação de cargas.

A solução avalia cada ocorrência e executa ações automáticas, como o envio de comandos e mensagens, além de sinalizar ao operador qual é o caso com mais probabilidade de roubo.

Resumo da Recuperação de Carga

Tipo de Carga: Agrícola
Origem dos Produtos: Recife/PE
Destino dos Produtos: São Paulo/SP
Valor Aproximado: R$ 700 mil
Local da Abordagem: Rio de Janeiro/RJ
Data da Abordagem: 21/08/2018


Operação Transbordo põe fim à quadrilha de roubo de carga

 

Data da recuperação de carga: 17 de julho de 2018

A Polícia Federal prendeu no dia 17 de julho mais de 30 pessoas acusadas de roubo de cargas no Sudeste e Nordeste do país. As prisões fazem parte da Operação Transbordo, que cumpriu 176 mandados judiciais (prisão, busca e apreensão) em Alagoas, São Paulo, Rio de Janeiro, Bahia, Ceará e Pernambuco.

A ocorrência foi destaque no portal de notícias G1.

A estimativa é que a quadrilha tenha causado prejuízos de mais de R$ 8,6 milhões. As investigações começaram há cerca de um ano, com um roubo de cargas em Alagoas.

Segundo o superintendente da PF, Rolando Alexandre de Souza, “houve o flagrante e com o aprofundamento das investigações se identificou que, na verdade, não foi um caso esporádico, mas sim havia uma quadrilha por trás atuando dessa forma”.

Leia também: Sistemas de gestão para transportadoras que garantem visibilidade, eficiência e segurança

A quadrilha contava com a participação dos motoristas, que simulavam assaltos, enquanto outros assaltantes realizavam a desativação dos equipamentos de segurança e o roubo da carga. Após o saque completo da carga, o motorista registrava um falso boletim de ocorrência.

Resumo da Recuperação de Carga

Tipo de Carga: Geral
Valor Aproximado: R$ 8,6 milhões
Locais das Abordagens: Alagoas, São Paulo, Rio de Janeiro, Bahia, Ceará e Pernambuco
Data da Abordagem: 17/07/2018


Panorama sobre roubo de cargas na Black Friday e Copa do Mundo


Carga recuperada pela Opentech é destaque no G1

Data da recuperação de carga: 30 de junho de 2018

No dia 30/06, a Central de Rastreamento da Opentech, em conjunto com as equipes de pronta resposta e forças policiais da Grande Recife, contribuiu para o trabalho que resultou na recuperação de uma carga estimada em mais de meio milhão de reais.

O veículo perdeu a comunicação com a central na Rodovia PE 041, próximo à cidade de Igarassu/PE.

A ocorrência foi destaque no portal de notícias G1.

Leia também: Práticas eficientes no gerenciamento de risco para o transporte de cargas

Diante de uma rápida ação da central e da equipe de pronta resposta, a carga foi encontrada em um galpão do município pernambucano, sem prejuízo.

Resumo da Recuperação de Carga

Tipo de Carga: Eletrônico e Alimentícios
Origem dos Produtos: João Pessoa/PB
Destino dos Produtos: Recife/PE
Valor Aproximado: R$ 315 mil
Local da Abordagem: Igarassu/PE
Data da Abordagem: 30/06/2018


Opentech recuperada carga de pneus em Sete Lagoas/MG

Data da recuperação de carga: 04 de abril de 2018

Na noite do dia 04/04 o time de operação da Opentech em conjunto com a Policia Rodoviária Federal de Sete Lagoas/MG logrou êxito na recuperação de uma carga de pneu.

A ação dos meliantes foi frustrada pela rápida ação do bloqueio enviado ao veículo.

A ocorrência foi destaque no portal de notícias Logweb.

Leia também: Guia completo para a contratação do seguro de carga

Um dos diferenciais para o êxito da recuperação é a tecnologia de rastreamento de cargas desenvolvida pela Opentech para evitar o roubo de carga e coibir a ação dos criminosos.

Resumo da Recuperação de Carga

Tipo de Carga: Pneu
Origem dos Produtos: Vitória/ES
Destino dos Produtos: Cuiabá/MT
Valor Aproximado: R$ 450 mil
Local da Abordagem: Sete Lagoas/MG
Data da Abordagem: 04/04/2018


Ferramenta Checklist logístico


Opentech recupera carga avaliada em 100 mil reais

Data da recuperação de carga: 14 de janeiro de 2018

A Opentech não mede esforços quando o assunto é prevenção a sinistros e recuperação de roubo de carga.

Recentemente, um caminhão carregado de frango que fazia a rota Maringá – Rio de Janeiro foi alvo de uma abordagem criminosa na Avenida Brasil (RJ).

Armados com fuzis, assaltantes ameaçaram o motorista e forçaram o profissional a seguir em direção ao Complexo do Chapadão, na capital fluminense.

A carga, avaliada em R$ 100 mil foi integralmente recuperada , através da sinergia criada pela Opentech , que entrega alta performance e inteligência sistêmica

Leia também: Segurança no transporte de carga: como reduzir sinistros e ganhar eficiência

A aliança da força de nosso time de campo especializado no Rio de Janeiro com o motorista altamente qualificado e treinado pela equipe de analistas Opentech alocadas no cliente geraram ações de extremo sucesso nessa recuperação.

A equipe de operadores especializados no estado do Rio de Janeiro tomaram as providências imediatas, bloqueando o caminhão antes da entrada na comunidade do Chapadão.

Com a chegada da polícia no local, foi possível assegurar a integridade física do motorista e recuperar o caminhão e a carga sem perdas.

Resumo da Recuperação de Carga

Tipo de Carga: Frigorificado
Origem dos Produtos: Maringá/PR
Destino dos Produtos: Rio de Janeiro/RJ
Valor Aproximado: R$ 100 mil
Local da Abordagem: Rio de Janeiro/RJ
Data da Abordagem: 14/01/2018


Carga é recuperada em Ponta Grossa/PR

Data da recuperação de carga: 12 de dezembro de 2017

Na manhã do dia 12/12/2017 o time de operações e investigação da Opentech em conjunto com o 1º Batalhão de polícia militar do Paraná/PR logrou êxito na recuperação de uma carga de defensivo agrícola com valor superior à 1 milhão de reais.

A central de rastreamento de risco Opentech identificou rapidamente a ação dos meliantes e atuou através do rastreador e com acionamento do time de investigação e equipe de Pronta Resposta da Opentech que atende o estado do Paraná.

As ações rápidas e coordenadas culminaram na recuperação da carga, que foi roubada em Ponta Grossa/PR e recuperada intacta  com a prisão de dois elementos.

Leia também: Papel de uma Gerenciadora de Risco: 6 pontos para você confiar sua carga sem preocupação

Foram diferenciais para essa recuperação o programa de gerenciamento de risco estruturado e aderente, a atuação ágil da central apoiada pelo integrador, a investigação eficiente do time de campo, a atuação das forças policiais e a participação do cliente com fornecimento de informações importantes.

A Opentech tem seu foco em prevenção e em desenvolver programas de gerenciamento de risco inteligentes. Em 2017 nossos índices de recuperações são superiores à 70%, chegando ao indicador de 87% de recuperação no estado do Rio de Janeiro/RJ.

Resumo da Recuperação de Carga

Tipo de Carga: Agrícola
Origem dos Produtos: Porto Alegre/RS
Destino dos Produtos: São Paulo/SP
Valor Aproximado: R$ 1 milhão
Local da Abordagem: Ponta Grossa/PR
Data da Abordagem: 12/12/2017


Contexto nacional de roubo de carga em comparação com demais países

De acordo com uma pesquisa do Comitê de Transporte de Cargas do Reino Unido, o Joint Cargo Committee, entre os 57 países onde o transporte é considerado o mais arriscado, o Brasil está em sexto lugar, perdendo inclusive para regiões em conflito como a Síria, a Líbia e o Afeganistão.

Figurar entre os líderes em periculosidade no transporte traz também prejuízos ao bolso. A escalada da criminalidade obriga as empresas a investirem alto em segurança.

Se a avalanche de números desanimadores é o principal motivo de dor de cabeça para o setor logístico, a boa notícia é que o Brasil é um dos países mais bem preparados – e com a melhor tecnologia – para lidar com o problema.

Forçada pelo aumento dos sinistros nas estradas e pela falta de investimentos do poder público em segurança, empresas de tecnologia não baixam a guarda na hora de desenvolver soluções sob medida para a realidade brasileira.

Ações para evitar erros no transporte de carga

O setor de transporte e logística depende do entendimento das especificidades e riscos de cada operação, para conhecer o modus operandi das quadrilhas, e de alta tecnologia, parceiros experientes e processos eficazes para mitigar os prejuízos.

Sendo assim, confira as principais ações para evitar erros cometidos no transporte de cargas:

Atenção aos detalhes básicos de segurança

Aqueles cuidados que todo motorista tem em qualquer viagem:

  • não deixar documentos ou objetos de valor expostos;
  • não deixar o veículo destrancado ou com a chave na ignição;
  • evitar paradas desnecessárias;
  • não dar carona;
  • estar atento a qualquer situação estranha na estrada e informar a Central de Monitoramento e a PRF, se necessário;
  • priorizar viagens diurnas;
  • permanecer em comunicação com a gerenciadora de risco, para atualizar o status da viagem.

Reforce essas orientações com os motoristas da sua empresa sistematicamente. Os profissionais devem ser treinados e atualizados constantemente a respeito das boas práticas de viagem e segurança, direção defensiva e incluídos em programas de prevenção de acidentes, entre outros treinamentos.

Hoje, as capacitações são facilitadas pelas universidades corporativas, que permitem aulas a distância, a qualquer hora e de qualquer lugar.

Realização de paradas perigosas nas estradas

Caminhões parados são uma oportunidade para a ação de criminosos. Por isso, permitir a parada em qualquer lugar é outro equívoco cometido por empresas que não fazem o gerenciamento de risco.

É evidente que longas viagens exigem pausas, mas traçar rotas e pontos seguros para abastecimento, manutenção, descanso, alimentação e pernoite é essencial.

A carga em repouso é alvo fácil para criminosos, portanto, mantenha planos de vigilância redobrada nessas horas. Oriente os motoristas a jamais conversar com outras pessoas – principalmente nos locais de parada – sobre a rota, o conteúdo da carga e as estratégias da viagem.

Quebra de sigilo das informações dos processos

Falando em conversas a serem evitadas durante a viagem, um ponto sensível nas operações de transporte e logística é o vazamento de informações. Muitas empresas não fazem devidamente o controle de acesso aos dados da operação.

Além dos motoristas, outras pessoas envolvidas na movimentação das cargas sabem detalhes importantes sobre o transporte das mercadorias. É fundamental que as empresas conheçam os profissionais que atuam nas áreas envolvidas e controle o fluxo das informações. No caso da segurança das cargas, o sigilo é crucial.
Manutenção preventiva para garantir a segurança da carga

Se grande parte das ocorrências ocorre com caminhões parados e as paradas em locais não autorizados no plano de gerenciamento de risco são consideradas arriscadas, o que faz sua empresa pensar que a falta de manutenção da frota é outro assunto?

Ao supor que as revisões periódicas nos caminhões não são necessárias, o risco de incidentes no meio da viagem aumenta, expondo sua operação a um processo inseguro.

Por isso, é importante manter um plano de manutenção da frota em dia – ou exigir isso do seu prestador de serviço. Assim, as chances de imprevistos durante o percurso reduzem e os níveis de segurança da sua operação aumentam.

Visibilidade em tempo real para evitar roubo de carga

Fazer o gerenciamento logístico e de transporte é algo complexo. Isso torna inadmissível que as empresas permitam a saída dos caminhões sem qualquer controle ou possibilidade de saber, em tempo real, onde está a carga.

A visibilidade logística garante que a viagem seja acompanhada do início ao fim. Além de oferecer informações para todos os envolvidos no processo – possibilitando, por exemplo, prever atrasos, informar ao cliente a localização da carga e reagendar horários de entrega –, ter uma visão em tempo real faz com que o sinal de alerta seja acionado a qualquer eventualidade.

Com o uso de tecnologia, é possível, inclusive, tomar medidas imediatas e automatizadas em caso de desvios ou falhas de comunicação com o motorista. Imagine o benefício de saber que qualquer desvio de rota ou parada inesperada fora do local planejado será comunicado em tempo real!

Com visibilidade, a tomada de decisão é mais rápida e assertiva e facilita ações em prol da segurança.

Mudanças de padrão para reduzir a previsibilidade da carga

Uma premissa básica da segurança é mudar horários, itinerários, alterar padrões e rotinas. Se as quadrilhas estudam o modus operandi das empresas, a regra é reduzir a previsibilidade da operação.

Neste caso, a empresa que conta com uma gerenciadora de risco experiente e com um serviço de inteligência, consegue se antecipar à ação dos criminosos, já que terá à disposição um histórico com os indicadores de ocorrências, locais mais perigosos, horários mais críticos e cargas mais visadas.

É a partir desses dados – e de levantamentos setoriais – que transportadores e embarcadores obtêm informações que poderão aumentar a segurança na movimentação das cargas.

Cuidado constante com cargas visadas e de alto valor agregado

Pensar que as quadrilhas agem de forma aleatória é inocência. Infelizmente, há rigor, planejamento e astúcia na ação dos criminosos. Raramente, a abordagem é ao acaso. O tipo de carga interfere diretamente na atuação das quadrilhas. Algumas, inclusive, se especializam em determinado produto.

Ignorar isso pode ser um erro, já que ao transportar uma mercadoria da lista de mais visadas é preciso adotar uma estratégia especial. De acordo com levantamento da NTC&Logística, os produtos mais roubados no Brasil são os alimentícios, bebidas, eletrônicos, cigarros, combustíveis e farmacêuticos.

A região do país também muda. Há estados, cidades, rodovias e até bairros ou áreas dentro de um município mais recorrentes. É um equívoco pensar que todo tipo de carga está exposto da mesma forma, seja qual for o trecho ou horário percorrido.

Importância essencial do planejamento e comunicação no transporte

As viagens não são solitárias, embora pareçam. Mesmo sozinho na cabine do caminhão, o motorista não está só. Pelo menos não deveria.

Além de todo o sistema de monitoramento e rastreamento do veículo e da carga, é importante que as empresas mantenham sistemas de comunicação eficazes com o motorista. E que o motorista saiba quais procedimentos adotar e a quem recorrer em caso de sinistro.

Não ter contato com o motorista, não saber como localizá-lo e não conhecer detalhes e informações a respeito do profissional é um erro grave.

A comunicação é outro ponto chave. Ao prestar serviço para uma empresa, o motorista terá um planejamento a seguir e deverá ser bem orientado. Comunicar de forma clara todas as regras que precisam ser cumpridas é fundamental para o sucesso e a segurança da viagem.

Certifique-se de que o planejamento foi bem assimilado antes do início da viagem e reforce a importância do cumprimento das regras para a segurança do profissional e da mercadoria.

Tecnologia como aliada na prevenção e segurança

Se a avalanche de números desanimadores é o principal motivo de dor de cabeça para o setor logístico, a boa notícia é o Brasil ser um dos países mais bem preparados — e com a melhor tecnologia — para lidar com o problema.

Forçada pelo aumento dos sinistro de cargas nas estradas e pela falta de investimentos do poder público em segurança, empresas de tecnologia não facilitam na hora de desenvolver soluções sob medida para a realidade brasileira.

Assim, já existem no mercado opções tecnológicas e eficientes para gerenciamento de riscos da frota, fazendo o monitoramento de carga e o rastreamento de veículos.

Esses sistemas operam enviando comandos de bloqueio a partir de um sinal do equipamento de rastreamento instalado no veículo.

Eles também permitem que a equipe de operadores de rastreamento realize ações pontuais em alerta recebidos violados durante o processo de transporte de cargas, para reversão dos riscos de sinistros, como roubo ou desvio de carga.

Como, por exemplo, uma quadrilha ou ladrões roubam um caminhão durante a operação e tentam acessar o veículo ou carga.

Neste caso, com sistemas de rastreamento e monitoramento, comandos são enviados de forma automática quando o sistema identifica a violação de um dos sensores instalados no veículo.

Assim, a central emite o comando de bloqueio ou sirene, por exemplo, dificultando a ação criminosa e muitas vezes inviabilizando o roubo.

Dessa forma, o investimento neste recurso é uma garantia que mantém muitas empresas fora deste índice, tornando-se muito mais seguro e vantajoso monetariamente do que iniciar uma jornada vulnerável à ação de bandidos, reduzindo os riscos e minimizando ao máximo as chances de prejuízo.

Melhores práticas para prevenir erros logísticos

Enquanto as formas de reduzir a criminalidade nas rodovias são estudas, não custa relembrar algumas dicas para a segurança das operações de transporte:

  • Investir em medidas protecionais, seja em equipamentos de redundância na carga ou veículo, no caso de cargas especiais, que tenham valores diferenciados e transporte em horários atípicos;
  • Aproximar os times de logística, operacional e transporte, garantindo o melhor planejamento das viagens;
  • Reavaliar o horário de corte para liberação das viagens, de forma a proporcionar paradas bem planejadas;
  • Priorizar as paradas e pernoites em locais que ofereçam as melhores condições de segurança, respeitando a liberação na GR da viagem;
  • Pernoitar preferencialmente em locais que sejam bem estruturados, com segurança 24 horas ou estacionamento fechado para mitigar investidas criminosas;
  • Manter plano de treinamento dos motoristas sobre regra de gestão de risco para roubo;
  • Ampliar parcerias com empresas especializadas na gestão e no monitoramento das operações, gerenciamento de riscos, pronta resposta, serviços de inteligência e prevenção a sinistros.

Como zerar o número de roubos de carga?

Para conseguir tornar a sua operação mais segura e pronta para eventuais ocorrências, você deve contar com a ajuda de uma boa empresa gerenciadora de riscos.

Uma das líderes no mercado de soluções em gestão logística e gerenciamento de risco no país, a Opentech gerencia o Cadastro de motoristas a partir da Pesquisa 4.0 da maior base de dados na logística brasileira.

O OpenSIL, por exemplo, desenvolvido pela Opentech, é um produto feito por um software integrado com várias tecnologias que recebe e envia diversas informações pertinentes e fundamentais à gestão logística para o motorista e o caminhão durante a viagem.

Ele faz o monitoramento da carga e rastreamento do veículo, enviando comandos de bloqueio a veículos para reversão dos riscos de sinistros, como o roubo ou desvio de carga.

A Opentech também oferece serviços complementares, como Inteligência e Investigação, que garante a prevenção aliada ao conhecimento e à força de campo.

Traga mais segurança para a sua operação e zere o número de ocorrências de roubo de carga na frota, clique aqui e converse com a equipe da Opentech. Temos as melhores soluções, alta tecnologia e expertise para o gerenciamento de riscos da sua frota.

To top