|

Como diminuir o custo logístico no Brasil? De fato, esse é um dos principais obstáculos para o fortalecimento dos negócios e o crescimento da economia.

Não faltam pesquisas, levantamentos e estatísticas para comprovar essa realidade.

Se você quer entender um pouco mais sobre o atual cenário brasileiro, as implicações do alto custo logístico no Brasil, no desempenho e no resultado das empresas, além de, identificar as melhores formas para conter os gastos, continue a leitura!

Os números não mentem quando o assunto é csobre os custos com logística no Brasil

Conforme o “Panorama do Transporte de Cargas no Brasil”, estudo desenvolvido pelo Instituto de Logística e Supply Chain, os custos com logística no Brasil representaram cerca de 13,7% do PIB do país em 2022. Isso equivale a cerca de R$ 1.191 bilhões.

Essa alta ocorreu principalmente por conta da alta do combustível. Em países desenvolvidos esse custo normalmente fica em torno de 7% ou 8%. Já para o orçamento das empresas, o custo com a logística tem representado cerca de 7,3% da receita líquida.

Outro ponto que influencia diretamente os custos com logística para as empresas é a falta de infraestrutura nas estradas. Das rodovias no Brasil, federais e estaduais, apenas 12% são pavimentadas, totalizando 213,5 mil km de um total de 1,7 milhão de km.

Segundo Marcus Quintella, diretor da FGV Transportes da Fundação Getúlio Vargas: “Estima-se que 65% de todas as cargas brasileiras sejam transportadas por rodovias e em rodovias precárias. No caso de longas distâncias, isso é feito de forma bem equivocada, pois segue na contramão do que manda todo bom negócio, o que manda a cartilha dos transportes”.

Diante da falta de investimento do governo para melhorar a segurança e infraestrutura nas estradas, as empresas precisam procurar soluções que minimizem os riscos e garantam a eficiência na operação.

‌Principais custos logísticos no transporte de cargas

Entenda quais são os pontos que mais influenciam no custo logístico no Brasil. Confira!

Combustível

Um dos principais custos no transporte de cargas é o combustível. No Brasil, cerca de 77% do diesel consumido é destinado ao transporte rodoviário, sendo utilizado majoritariamente pelos caminhões de carga.

Dessa forma, a alta dos preços de combustível acabam influenciando diretamente os custos logístico das empresas brasileiras que dependem desse modal. Em maio de 2022, o litro do diesel chegou a R$7,07/L e se comparado ao mesmo período de 2020, o litro custava apenas R$3/L.

Gestão e recuperação de créditos de pedágio

Mão de obra e horas extras

Outro custo relevante no transporte de cargas é a mão de obra. O setor logístico demanda profissionais qualificados para operar e gerenciar as operações de transporte. No entanto, a escassez de mão de obra qualificada e a necessidade de contratação de motoristas e ajudantes podem elevar os custos das empresas.

Além disso, as horas extras também representam um custo adicional para as empresas de transporte de cargas. Em situações em que há a necessidade de cumprir prazos apertados ou lidar com imprevistos, é comum que os motoristas tenham que realizar horas extras, o que impacta diretamente a folha de pagamento das empresas.

Manutenção e reparos

A manutenção e os reparos dos veículos também são custos significativos no transporte de cargas. Os caminhões e outros veículos utilizados pelas transportadoras estão sujeitos a desgastes e avarias, o que demanda uma manutenção constante.

Além disso, é importante ressaltar que a qualidade das estradas brasileiras também pode influenciar os custos com manutenção e reparos. Estradas mal conservadas podem aumentar o desgaste dos veículos e, consequentemente, os custos com manutenção.

Armazenagem e estoque

Por fim, a armazenagem e o estoque também são custos logísticos relevantes no transporte de cargas. As empresas de transporte muitas vezes precisam armazenar as mercadorias antes de realizar a entrega final. Isso implica em custos com aluguel de espaços, equipamentos de armazenagem, segurança e controle de estoque.

Além disso, a gestão adequada dos estoques é fundamental para evitar custos adicionais. Estoque excessivo pode resultar em custos de armazenagem desnecessários, enquanto estoque insuficiente pode levar a atrasos nas entregas e insatisfação dos clientes.

‌Estratégias para redução do custo logístico no Brasil

A otimização dos processos e a busca por eficiência são fundamentais para garantir a competitividade e a lucratividade no setor.

Confira abaixo algumas estratégias que podem ajudar na redução dos custos logísticos, com foco na otimização de rotas e planejamento logístico eficiente.

Além disso, também entenda sobre a importância da negociação com fornecedores e busca por parcerias estratégicas, investimento em capacitação e treinamento da equipe, e implementação de práticas de gestão de estoque e redução de desperdícios.

Otimização de rotas e planejamento logístico eficiente

A otimização de rotas é uma estratégia fundamental para reduzir os custos logísticos. Ao traçar rotas mais eficientes, é possível reduzir a distância percorrida, o tempo de viagem e o consumo de combustível. Utilizar tecnologias de roteirização e monitoramento em tempo real é essencial para identificar as melhores rotas, evitando congestionamentos e outros obstáculos.

Além disso, um planejamento logístico eficiente também contribui para a redução dos custos. Ao mapear e sincronizar as atividades logísticas, é possível evitar retrabalhos, minimizar a espera nos pontos de carga e descarga e otimizar a utilização dos recursos disponíveis.

Negociação com fornecedores e busca por parcerias estratégicas

A negociação com fornecedores e a busca por parcerias estratégicas também são estratégias importantes para reduzir os custos logísticos. Ao negociar melhores preços e condições de pagamento com fornecedores de combustível, peças de reposição e outros insumos, as empresas podem obter economias significativas.

Além disso, a busca por parcerias estratégicas com transportadoras, distribuidores e outros atores da cadeia logística pode contribuir para a redução dos custos. Compartilhar recursos e infraestrutura, como armazéns e centros de distribuição, pode gerar economias de escala e aumentar a eficiência operacional.

Investimento em capacitação e treinamento da equipe

Investir na capacitação e treinamento da equipe é outra estratégia importante para reduzir os custos logísticos. Profissionais qualificados e bem treinados são capazes de executar as tarefas de forma mais eficiente, evitando retrabalhos e reduzindo o tempo de execução das atividades.

Implementação de práticas de gestão de estoque

A gestão de estoque é um fator crucial para a redução dos custos logísticos. Estoque excessivo significa custos de armazenagem desnecessários, enquanto estoque insuficiente pode levar a atrasos nas entregas e insatisfação dos clientes.

É fundamental implementar práticas de gestão de estoque, como a utilização de sistemas de controle e previsão de demanda, para evitar desperdícios e garantir um nível adequado de estoque.

‌Tecnologias para a redução do custo logístico no Brasil

Felizmente, avanços tecnológicos têm proporcionado soluções que ajudam a otimizar processos e reduzir gastos no transporte de cargas. Confira a seguir algumas dessas soluções e como elas auxiliam na redução de custos logísticos.

Sistemas de gestão de transporte (TMS) e roteirização inteligente

Os sistemas de gestão de transporte (TMS) são ferramentas que auxiliam na organização e planejamento das atividades logísticas. Eles permitem o controle de todas as etapas do transporte, desde a coleta da mercadoria até a entrega ao cliente final.

A roteirização inteligente é uma funcionalidade presente nos TMS que utiliza algoritmos avançados para encontrar a melhor rota possível, levando em consideração múltiplos critérios, como distância, tempo de entrega, custos de combustível e pedágios.

Dessa forma, é possível minimizar o tempo de viagem, reduzir a quilometragem percorrida e economizar em combustível.

Uso de sensores e Internet das Coisas (IoT) para monitoramento de cargas

O uso de sensores e a aplicação da Internet das Coisas (IoT) permite o monitoramento em tempo real das cargas durante todo o trajeto, proporcionando maior segurança e eficiência.

Os sensores instalados nas embalagens ou nos veículos coletam dados sobre temperatura, umidade, movimento e localização, entre outros, e enviam essas informações para uma plataforma central.

Dessa forma, é possível identificar problemas, como desvios de rota, avarias ou violações da carga, e tomar as medidas necessárias de forma imediata. Com isso, é possível evitar perdas e reduzir os custos relacionados a danos e extravios de mercadorias.

Utilização de plataformas digitais para integração e visibilidade da cadeia logística

As plataformas digitais têm se tornado cada vez mais populares no setor logístico brasileiro. Essas ferramentas permitem a integração de todos os envolvidos na cadeia logística, como transportadoras, fornecedores, clientes e operadores logísticos, proporcionando visibilidade e agilidade nas operações.

Com uma plataforma digital, é possível ter acesso a informações em tempo real sobre o status das entregas, estoques, pedidos e movimentações de cargas.

Isso facilita a tomada de decisões, permite o planejamento mais eficiente e reduz a necessidade de retrabalho e intervenções manuais, o que resulta em economia de tempo e recursos.

Conheça o OpenSIL da Opentech, um sistema de visibilidade logística que oferece o monitoramento de todas as etapas do transporte: planejamento, coleta, viagem e entrega.

Automação e robotização de processos logísticos

A automação e a robotização de processos logísticos têm se mostrado uma tendência crescente no Brasil. Essas tecnologias ajudam a reduzir custos ao substituir tarefas manuais e repetitivas por processos automatizados, mais rápidos e precisos.

Se você quer aplicar medidas que minimizem os custos e riscos na sua operação, conte com a ajuda de especialistas como a Opentech. Somos líderes no mercado de soluções logísticas para o transporte de cargas, com foco em tecnologia e sistemas avançados para maior eficiência e segurança na operação.

Clique aqui e converse com nosso time para entender como podemos trazer esses resultados para a sua empresa.

To top