|

Uma gestão logística eficiente contempla inúmeras variáveis, principalmente para o controle de cargas frigorificadas na visibilidade e controle de temperatura.

Por isso, ter visibilidade e controle de temperatura completos do processo, é determinante para elevar o status da operação.

Com mais de 60% das cargas sendo movimentadas pelas estradas brasileiras e a necessidade de integração ágil entre os modais, é importante olhar, do início ao fim, a operação, acompanhando todas as etapas.

A questão é que, em alguns segmentos, o desafio aumenta. Quem lida com produtos refrigerados ou frigorificados sabe disso.

O transporte de frutas, legumes, carnes, congelados, medicamentos e vacinas, entre outros, exigem muito mais atenção e cuidados tanto em função da legislação, como também, da fragilidade desses produtos.

Para diferentes tipos de produtos são necessárias diferentes metodologias de armazenagem, transporte e entrega.

Afinal, as mercadorias precisam chegar ao destino nas mesmas condições que saíram: com a mesma temperatura e qualidade.

E como garantir isso? Com controle rigoroso em todas as etapas do processo e precisão na temperatura da carga durante toda a viagem.

Para isso, tecnologia, processos e gestão qualificada com ampla visibilidade da operação são a melhor — para não dizer a única — alternativa eficiente.

Visibilidade e controle no transporte de cargas refrigeradas

Garantir a integridade da carga vai muito além de fazer com que ela chegue ao destino sem acidentes, atrasos, furtos, roubos ou desvios durante o percurso.

No caso das cargas refrigeradas ou frigorificadas, a segurança prevê que as condições especiais de armazenagem, embarque, transporte e entrega, incluindo estoque, acomodação das mercadorias no caminhão, tempo estimado das viagens, controle de temperatura, umidade, luminosidade e conservação, sejam seguidas à risca.

Um levantamento da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO, na sigla em inglês) mostra que o desperdício de alimentos chega a 1,3 bilhão de toneladas anualmente em todo o mundo ao longo da cadeia produtiva.

Só na etapa logística: produção, armazenamento e transporte, as perdas equivalem a 54% desse montante.

Uma das falhas está no transporte de qualidade, e entre as dúvidas mais comuns, estão:

  • Como garantir o controle rigoroso das condições de temperatura das cargas em um país de dimensões continentais como o Brasil?
  • Como viajar de norte a sul, enfrentando os mais diversos climas, mantendo a temperatura constante das mercadorias do início ao fim da viagem?

Podemos considerar uma única solução:

  • Com tecnologia, transportadores qualificados e especializados neste modelo de transporte.
  • E o mais importante, contratar uma gerenciadora de risco e sistemas de gestão logística preparados para fazer o rastreamento, monitoramento das viagens e controle da carga.

Afinal, para cargas vulneráveis, serviços especializados são a solução!

Por meio de sensores e tecnologia de ponta, é possível fazer o rastreamento e monitoramento da frota em tempo real, assim como, avaliar as condições e a temperatura da mercadoria que está sendo transportada.

Tudo isso sem que o motorista precise abrir o baú para checar pessoalmente a carga.

Visibilidade e controle de temperatura na logística de cargas refrigeradas

Além do imenso prejuízo, os clientes ficariam frustrados com o atraso nas entregas, se:

  • carnes e sorvetes forem entregues na temperatura errada;
  • se forem vacinas ou insulinas, elas perdem suas propriedades ao sofrerem variações de temperatura, forem expostas à luminosidade inadequada ou umidade;
  • frutas, legumes e laticínios chegarem sem qualidade ou impróprios para consumo.

Ainda que o transporte de qualquer tipo de mercadoria seja desafiador, no caso das cargas frigorificadas ou refrigeradas o nível de exigência e de responsabilidade aumenta.

Na mesma proporção cresce a necessidade de ter processos 100% em dia e uma operação completamente visível, dentro e fora dos caminhões.

Estar atento a esses processos é garantir a entrega e a qualidade do produto transportado ao cliente final, não colocando em jogo a reputação e a credibilidade da sua empresa.

Principais cuidados com as cargas refrigeradas

Com um alto valor comercial, os frigorificados são cargas que devem ser rastreadas em todas as etapas do processo logístico e de transportes, garantindo que as orientações e especificações de movimentação das cargas sejam seguidas à risca.

Como já dissemos, contar com tecnologia é essencial para uma gestão completa e para uma visibilidade logística integral, que oferecerá a qualidade e a eficiência necessárias ao processo.

Entenda mais sobre a visibilidade logística aqui! 

Para quem lida com este tipo de carga, alguns cuidados são fundamentais, portanto, é necessário que a sua empresa:

  • priorize a visão logística end-to-end para o controle da temperatura da carga;
  • selecione bons transportadores para tornar o processo mais seguro;
  • conte com recursos para monitorar a temperatura durante todo o trajeto, garantindo a qualidade do produto até a entrega no cliente;
  • obtenha visibilidade gerencial por meio de dashboards de gestão.

Veja esse passo a passo para um transporte eficaz com visibilidade e controle de temperatura das cargas

1. Conexão entre a central e os veículos

O gerenciamento de riscos e o monitoramento das frotas representa mais do que traçar roteiros para evitar acidentes, furtos e roubos.

Envolve uma viagem com a qualidade desejada por embarcadores, transportadores e clientes.

Por isso, manter a sinergia entre a central e os veículos é tão importante por permitir que todos os pontos do transporte — inclusive a temperatura das cargas — sejam acompanhados em tempo real.

2. Agilidade nas cargas e descargas

O tempo é precioso e mais ainda quando a mercadoria é refrigerada.

Atrasos nas viagens ou nas entregas podem ser um problema para quem precisa manter, na “ponta do lápis”, o controle de temperatura da carga.

Nestes casos, agilidade no embarque e desembarque das mercadorias ganham mais relevância.

3. Conservação dos produtos

Não só nos caminhões, mas na armazenagem, manuseio, estoque, carga e descarga, a logística se encarrega de zelar pela qualidade das mercadorias.

4. Treinamento dos profissionais

Além de equipamentos sempre aferidos e toda a tecnologia disponível para garantir as condições de temperatura da carga, ter profissionais preparados para o transporte de produtos especiais é outro requisito que precisa ser levado a sério.

Ainda que as ferramentas tecnológicas auxiliem no controle dos indicadores necessários para a movimentação de produtos refrigerados e frigorificados, motoristas conscientes da importância da sua “missão” e aptos a tomar as providências e fazer as notificações necessárias ao menor sinal de problema fazem toda a diferença no processo.

5. Veículos com manutenção em dia

Seja qual for o tipo de transporte, a manutenção das frotas precisa estar em dia.

Essa é uma regra básica, como sabemos.

Em caso de veículos preparados para o transporte de cargas especiais como as refrigeradas, a revisão deve ser feita ainda com mais rigor porque uma parada inesperada durante a viagem pode comprometer não só o cronograma e os prazos, como toda a carga.

6. Controle de custos

Reduzir as despesas e otimizar os gastos são palavras de ordem nas companhias que desejam se manter competitivas em um mercado tão acirrado.

Para empresas que fazem transportes especiais, como a movimentação de cargas frigorificadas, por exemplo, os investimentos são mais elevados.

Neste caso, contar com processos de gestão mais enxutos e inteligentes, que ofereçam ganhos de eficiência, produtividade e assertividade são essenciais.

Otimizar carregamentos, planejar rotas e usar sensores de temperatura conectados a rastreadores para aferição em tempo real são alguns exemplos.

7. Inteligência no carregamento

Aplicar ferramentas e técnicas inteligentes de carregamento é outro ponto importante quando se fala em transporte de frigorificados ou refrigerados.

Uma regra fundamental é organizar as mercadorias de forma que os itens que precisam de temperaturas mais baixas fiquem na parte da frente do caminhão e os produtos que serão descarregados primeiro fiquem na parte traseira.

Inovação, gestão e qualidade para visibilidade e controle de temperatura

A carga, que deveria ter atravessado o país sob temperatura baixa e constante, chegou ao destinado sem a qualidade esperada.

Os sistemas falharam, sua empresa não tinha visibilidade completa e eficiente do processo, e o motorista não percebeu o problema. Sua operação falhou!

Calma, a situação é hipotética, mas poderia ser real.

Felizmente, a tecnologia disponível hoje permite que situações como essa sejam evitadas.

Fazer o transporte de mercadorias refrigeradas ou frigorificadas com qualidade é totalmente possível se a sua empresa contar com transportadores preparados, parceiros especializados e sistemas apropriados para o gerenciamento de cargas especiais.

Investir em inovação, tecnologia, processos e pessoas tornam este tipo de transporte muito mais seguro. As soluções e tecnologias está a sua disposição.

E nós, da Opentech, também!

To top