Um dos grandes desafios para garantir a operação da transportadora é fazer o acondicionamento de cargas de maneira adequada.

É preciso estar atento a uma série de fatores que variam segundo a especificidade da mercadoria.

Além disso, existem regras e órgãos fiscalizadores que exigem que as normas sanitárias sejam cumpridas, caso contrário, a empresa fica passível de multas, arriscando-se ao encerramento das atividades.

Portanto, o acondicionamento de carga está diretamente ligado à integridade da sua mercadoria, em especial daquelas que são destinadas ao consumo, como alimentos e medicamentos.

Dessa forma, para ajudar você a saber mais sobre como fazer o acondicionamento de cargas corretamente e dentro das normas, preparamos este conteúdo. Acompanhe!

Por que fazer o acondicionamento de cargas corretamente

O acondicionamento de cargas é um processo destinado a preparar o produto para estocagem, armazenagem e transporte.

É a partir dele que será possível garantir a integridade da carga do início da cadeia de distribuição até a entrega ao remetente.

Por isso, é o acondicionamento adequado que garantirá o sucesso da sua operação.

Então, quando for investir no armazenamento, manuseio e transporte, pense em todas as especificações que o tipo de mercadoria exige, principalmente, medicamentos e alimentos que possuem fiscalizações de órgãos, como a ANVISA.

Ferramenta Checklist logístico

Quais os tipos de acondicionamento de cargas

Algumas características, como peso, volume, temperatura, contam na hora de garantir o acondicionamento correto.

Além disso, esse processo visa ocupar eficientemente o espaço do veículo ou contêiner, otimizando a logística de carga, descarga e transporte dos itens.

Portanto, acompanhe a seguir os meios de acondicionamento de cargas existentes.

Sacarias

As sacarias podem ser utilizadas para o acondicionamento de uma grande variedade de itens, com destaque para o transporte de grãos.

Para algumas das opções, essa é a mais segura, como o transporte de soja, arroz, açúcar e café, pois garante estabilidade na acomodação das mercadorias.

Para o transporte de cargas mais pesadas, as sacarias ganham uma alça, onde uma empilhadeira poderá auxiliar no deslocamento da carga mais facilmente.

Tambores de metal / Bombonas de plástico

Os tambores ou bombonas são recipientes que acomodam, de modo geral, 200 kg de produto (líquido ou sólido).

Eles são mais resistentes e usados, geralmente, para cargas contaminantes ou perigosas.

Já as bombonas de plástico são menos resistentes que o metal, e podem apresentar reações químicas com o produto do seu interior, sendo mais restrito o seu uso para determinadas substâncias.

Caixas de madeira/papelão

As caixas de madeira/papelão são as mais usadas no transporte de carga no Brasil, pois apresentam boa resistência se os produtos forem acondicionados corretamente, e podem ser facilmente deslocadas em armazéns se estiverem sobre pallets.

Pallets

Os pallets são uma espécie de prateleira que facilita a movimentação de carga através de uma empilhadeira.

Eles podem ser compostos de madeira, metal ou plástico, e possuem a medida de 1,00 × 1,20 × 0,20 m (CLA — comprimento, largura e altura), geralmente.

Tendências e desafios na segurança

Cuidados necessários para o acondicionamento de cargas

Para assegurar a qualidade e propriedades das mercadorias, sem que haja redução da eficiência, é preciso pensar em uma série de fatores. Acompanhe a seguir!

Respeitar as condições de refrigeração

Para realizar o transporte de produtos que exigem refrigeração, como medicamentos, por exemplo, os veículos devem conter medidores de temperatura calibrados e de fácil leitura, além de equipamentos de monitoramento para garantir que a carga chegue sem danos.

Estudar as principais características do produto

Analisar as características do produto como volume, peso e resistência é fundamental para o correto acondicionamento de cargas. Produtos frágeis, por exemplo, precisam de um cuidado maior ao serem manuseados.

No caso de cosméticos e alimentos, é preciso seguir as normas da Agência de Vigilância Sanitária (ANVISA) para armazenamento e deslocamentos dos produtos.

Analisar as melhores formas de envio

Cada tipo de mercadoria exige um tipo de transporte.

Tratando-se de cargas frias, como alimentos lácteos, é preciso pensar em um caminhão frigorífico que respeite as condições de temperatura do produto.

Ainda assim, devem ser analisados o tempo e a distância de deslocamento até o seu destino, assim como outras condições de transporte, a exemplo da situação das estradas e até fatores climáticos.

Cargas perecíveis podem estragar durante o trajeto, se não forem acondicionados de maneira correta.

Escolher a embalagem mais adequada

Um produto transportado em embalagens erradas elevam as chances de perda da carga, gerando prejuízos para todos os envolvidos no transporte.

É por essa razão que os gestores precisam estar atentos às embalagens e também ao seu manuseio correto e unitização no transporte de cargas.

Promover a capacitação da equipe

Ao pensar na armazenagem de materiais e produtos, é fundamental contar com profissionais qualificados para manusear as mercadorias em segurança.

Sobretudo, a falta de conhecimento sobre o acondicionamento da carga pode gerar prejuízos, inutilizando a carga e também oferecendo risco à saúde dos trabalhadores, principalmente no caso de cargas perigosas.

Como manter a qualidade do acondicionamento de cargas no transporte

A melhor forma de manter a qualidade no transporte de carga é contar com ferramentas de gerenciamento de riscos.

Através delas, é possível monitorar a carga durante o trânsito, assim como, se o acondicionamento da carga está sendo feito de dentro dos padrões, com recebimento de dados em tempo real.

Com o monitoramento em tempo real, você consegue tomar decisões de forma ágil e assertiva para garantir mais segurança e até mesmo evitar prejuízos de perda ou roubo de carga!

Conte com a Opentech, temos soluções eficientes com a mais alta tecnologia do mercado para gerenciamento de riscos no transporte de cargas. Clique aqui e conheça as nossas soluções.

To top